Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VENENO LENTO

Sou uma folha tocada pelo vento
Que distante e sem rumo vai, ter
O teu insensato amor é só querer
Ir de encontro com o sofrimento.

Vago tristemente pelo firmamento
À procura do teu inesquecível ser.
Você se esconde no encantamento
Só para fugir do amor e não me ver.

Tento acabar com este tormento.
Impossível, não consigo te esquecer
Nem sequer por um breve momento.

Ah, meu amor, você destrói meu viver!
É a droga perfeita, é o veneno lento,
Que escolhi para enlouquecer e morrer.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 16/10/2007
Código do texto: T696635

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 60 anos
1152 textos (33857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 23:15)
Carlos Melgaço