Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUCATAS DE AMOR

                                       

Com a vida eu aprendi que o amor é fantasia!
Sucata de alegoria dos efêmeros carnavais!
Aprendi que foi engano acreditar que eu poderia,
Desfilar pela avenida...no bloco dos imortais.


Com a vida eu aprendi que o amor é zombeteiro,
Perspicaz  e traiçoeiro- é um falso festival!
E assim desavisada, eu amei só por inteiro...
Até aonde cintilaram as cinzas do meu carnaval.


Na poesia eu descobri que amor é só tempero!
É antítese nas entrelinhas-é só configuração...
Embeleza o enredo- um engano passageiro!
Pois amar é amargurar a própria aliteração!

Remontando alegorias- na poesia eu decidi
A rasgar a fantasia...com a vida eu aprendi.




MAVI
Enviado por MAVI em 25/10/2007
Código do texto: T709349


Áudio

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
5827 textos (398314 leituras)
1041 áudios (89716 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 19:04)
MAVI