Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROENÇA

PROENÇA

D'olhos verdes, cabelos gris e azuis...
Parecia antes fada do que gente,
Voejando à minha volta displicente
Que nem os vaga-lumes nos pauis.

Talvez de cancioneiros medievais,
Entre as trovas d'amor d'um bardo errante
Houvesse figurado o peito amante
D'aquela bela dama e de seus ais.

O facto é que não era d'este mundo
O amor que me inspirou desde o fecundo
Dia em que, encantadora, m'encantou.

Assim, pelos jardins da fantasia,
Lançando sobre mim sua magia,
Como um raio de luz que me cegou.

Betim - 21 02 2021
RicardoC
Enviado por RicardoC em 22/02/2021
Código do texto: T7190249
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
RicardoC
Betim - Minas Gerais - Brasil, 45 anos
2298 textos (18452 leituras)
12 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 17:07)
RicardoC