Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O início do fim

Este queimor que cresce devagar
me tira a calma. A vista se embaralha,
eu sinto que a respiração me falha,
e o queimor cresce, me tirando o ar.

De início, deixa o pé adormecido
em um formigamento desigual,
depois as mãos, os braços... Tão brutal
perturbação me deixa ensandecido.

O couro cabeludo se arrepia,
a face cora, queima, eu sinto arder
todo meu corpo, em forte comichão.

E esse queimor crescente se irradia
até não poder mais, até romper
dentro do peito, me prostrando ao chão.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 15/11/2005
Código do texto: T72166
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (291762 leituras)
36 áudios (11211 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/20 04:37)
Paulo Camelo

Site do Escritor