Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A biografia de um poema...

Palavra que desnuda de minha vida,
Palavra sem sentido agora.
Será vista como palavra sentida?
Ou seria brisa sem demora?

Terrosas letras ecoam pelo tempo,
Letras com enigmas de prosa.
Perfaça o poema um contratempo?
Ou perfaceria uma rosa?

Não sei se transmitiste mensagem...
Uma rosa... Ou mera babosa...
Só sei que vejo como passagem...

Que desafia a solidão preguiçosa.
E a vida segue com ou sem poema.
Vida que segue... Segue... Milagrosa...
Rascunho de Poeta
Enviado por Rascunho de Poeta em 04/11/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T723112

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rascunho de Poeta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
140 textos (7247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 00:20)
Rascunho de Poeta