Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESESTRESSE

DESESTRESSE

No claustro avarandado do mosteiro,
Onde um jardim fechado sob sol pleno,
Da imensidão do mundo me apequeno,
Havendo-me, em verdade, verdadeiro.

Verdes folhas reluzem no canteiro
Como se n'algum plano ultraterreno...
E os repuxos no tanque mais sereno
Me desnudam o olhar de forasteiro.

Deixei no porticado meus anseios
E sentei, pés descalços, junto à borda
Entregue à profusão de devaneios:

Livre do que s'esquece ou se recorda,
Sentindo os males meus como se alheios,
A brisa a sussurrar me desacorda.

Betim - 15 04 2021
RicardoC
Enviado por RicardoC em 16/04/2021
Código do texto: T7233400
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
RicardoC
Betim - Minas Gerais - Brasil, 45 anos
2297 textos (18439 leituras)
12 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 02:49)
RicardoC