Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
LONGE


Afastei-me, foi sim, da minha essência,
porque fiquei parada e não mudei.
Chamada pelo grito da existência,
cedo fui corrompida e aceitei

viver sem mudar nada... Sem prudência,
tornei a lei do mundo, a minha lei.
Só quando percebi, já sem clemência,
o que mandava ali eu constatei,

que o bem mais precioso se perdera.
Pois é, eu não lutara a boa luta
e agindo dessa forma concedera
ao mundo, sem mudar minha conduta,

poderes de tolher da alma a voz;
deixei de ser eu mesma. Dor atroz.


nilzaazzi.blogspot.com.br
Nilza Azzi
Enviado por Nilza Azzi em 10/11/2007
Reeditado em 01/09/2015
Código do texto: T730968
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor Nilza Azzi ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilza Azzi
Campinas - São Paulo - Brasil
2225 textos (392049 leituras)
27 áudios (1214 audições)
4 e-livros (385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 16:10)
Nilza Azzi