Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arrependimento

Abraçado pela noite apagada
Permaneço inerte sobre o leito
De pedra; mia mente erra sem jeito
E enlouqueço num turbilhão de nada
Sem nada a perder, o fio da espada
Me tenta, mas eu, sem querer, rejeito
Esse fim que parecia perfeito
Se lembro do amor de minha amada
A lâmina recua num instante
E todo aquele amor se faz distante
Acordo e percebo sua ausência
Lágrimas molham o meu rosto frio
E nesse desconcerto choro e rio
Não tenho do meu pobre ser a essência
Pedro Paz
Enviado por Pedro Paz em 15/09/2021
Reeditado em 15/09/2021
Código do texto: T7342540
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Pedro Paz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
76 textos (1103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 07:29)
Pedro Paz