Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PIPOCA (SONETO)

PIPOCA (SONETO)

             AUTOR: Paulo Roberto Giesteira

Carroceiro passa na rua vendendo pipoca,
Anunciando que tem doce e salgada a parada,
Leite condensado ou bacon branca ou corada,
Queijo parmesão com azeitona que a estoca.

Do milho pulando na panela encantando a toca,
Cremes saborosos pelo milho cozido ou empada,
Microondas ou panela quente mexendo a colherada,
Aguardada a uma espera regada a boa fofoca.

Passando na rua retirado no milharal da horta,
Batendo ferro com ferro moendo a algo que soca...
Um saco de cada preço do tamanho ou largada.

Amarelo para o branco transformando a estrada,
Parado ou andando pela procura enfileirada...
Pipoqueiro cancioneiro seguindo a vender pipocas.
Paulo Roberto Giesteira
Enviado por Paulo Roberto Giesteira em 15/09/2021
Código do texto: T7342580
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Paulo Roberto Giesteira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1236 textos (60221 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 07:06)
Paulo Roberto Giesteira