Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Idiossincrasia

Levanta-te, oh alma, vence os abismos,
Sobrepõe os desejos com a tua dor.
De todo o sofrimento, o paroxismo
- Pérfida semente do meu amor...
 
Que idiossincrasia essa fúria minha!
Negra ilusão que tu em mim plantaste.
Sou ser miserável , visão mesquinha,
De vida inconsútil e sem contraste.

Nos ossos que pendem, tão descarnados,
Medo da vida e da morte também
E os fantasmas dos meus erros passados.

Sinto-me morta, meu corpo é vão.
Somente o espírito ‘inda existe,
Dançando, perdido, entre o céu e o chão...
Magmah
Enviado por Magmah em 03/12/2007
Código do texto: T762672

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magmah
Montenegro - Rio Grande do Sul - Brasil
232 textos (5053 leituras)
6 e-livros (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 21:21)
Magmah