Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

É presença em meu peito, como doença,
Magoada, plangente e profunda algesia.
Vazia, doída e insana descrença,
Tão funda, tão densa, a causar nostalgia.

Qual folha no vento - tão simples assim,
Que mira no céu e queda-se ao chão.
Por vezes a sinto bem dentro de mim
Em outras, distante, mui vaga ilusão.

Mas grassa o silêncio, na ausência do verso.
Retalho da essência d’um sonho feliz,
Memória distante e universo reverso.

Transcendem o verbo as lembranças sutis
Q’enterram magias e encantos diversos.
- Saudade escondida por trás do verniz.
Magmah
Enviado por Magmah em 04/12/2007
Código do texto: T764126

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magmah
Montenegro - Rio Grande do Sul - Brasil
232 textos (5053 leituras)
6 e-livros (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:43)
Magmah