Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perséfone

Era o dia de Febo o semideus
Por piedade do seu amor desafinado
Quando não olhei paro este lado
Porque a mulher disse-me adeus.

Tempo pereceu neste infausto calar
Contra golpes de amor consolai
Sob a sem suspeita moda pregai
Na coluna da dor de Hera a escalar.

Trovas de Amor no globo desarmado
Na forma de Afrodite nos olhos amados
As lágrimas do desengano de Hades.

Mas a minha paixão não foi honrada
Ferida por dardos de vis cicutas
Provocando indiferença nas disputas.

                           DR FLYNN
Dr Flynn
Enviado por Dr Flynn em 06/12/2007
Reeditado em 06/12/2007
Código do texto: T767404
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dr Flynn
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil, 48 anos
95 textos (1733 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:13)