Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paz e frenesi

Ainda estou te amando, ainda estou
sentindo esta emoção indefinida,
ainda estou sentindo a minha vida
em tua vida presa. E não findou

aquela sensação que me tomava,
aquele corpo quente, aquele ardor
incontrolável, sem nenhum pudor
de me sentir tomado. A mente grava

e não apaga a sensação de paz
que às vezes precedia um frenesi
que não sei bem se tomo como exemplo,

um frenesi maluco que me faz,
de vez em quando - como estou aqui -,
feliz e infeliz ao mesmo tempo.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 02/04/2005
Código do texto: T9351
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (291477 leituras)
36 áudios (11201 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/20 00:16)
Paulo Camelo

Site do Escritor