Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suzete

Solteira, sozinha,  Suzete  sabia saciar
suas sapecagens, seguindo sua semana.
Sábado sua santa saga sambava,
seguia sambando...

Secretamente, Suzete
saia sempre sextas, simulando sorte sueca;
sobejamente sonhando, saciava
suas saltitantes saliências...

Sacudida, saboreava suplicante seus salmos,
saindo sacros santuários suplicando saúde...
Sagaz sempre sabia se sair santificada!

Suzete saudava sacros salmos, sempre,
salvando  situação salarial santuários...
Saciava seus sabores sapeca: sempre santificada.

Agradeço à poetisa  Aila Brito a gentil e honrosa interação:

Solteira, Suzete, sapeca, sacaneava, seguidas, semanas, sábado, sagrada, saga, saciava-se, sonhava, seguia, sambando, sagaz, simulava, salmos, sabendo-se, santificada

Agradeço à poetisa Lilian Vargas a gentil e honrosa participação:

Suzete, sassaricando! Sensacional!
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 04/09/2018
Reeditado em 18/02/2019
Código do texto: T6439484
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1198 textos (27722 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/19 01:43)
Eligio Moura