Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Resenhar não é resumir

RESENHAR NÃO É RESUMIR
Miguel Carqueija


Já muitas vezes notei — inclusive aqui no Recanto das Letras — que algumas pessoas que resenham livros ou filmes, limitam-se a contar tudo tintim por tintim. E isso é a pior coisa que se pode fazer numa resenha, tirando fora xingar a família dos autores.
Digamos que se trate da resenha de um filme. Contar tudo que acontece ao longo da película além de ser cansativo e sem originalidade, tira a graça para quem ainda vai assistir. São as revelações de enredo, os chamados “spoilers”.
A resenha literária ou cinematográfica deve ser uma crítica. Você não precisa ter gostado de uma obra para resenhá-la. Assim, não é obrigatório elogiar. Deve, sim, pinçar os pontos principais, atentar para interpretações, detalhes de produção, fotografia, música etc. Verificar idiossincrasias e mensagens. Mas não fique contando tudo do princípio ao fim; não é essa a finalidade de uma resenha.
Também não caia no extremo oposto que eu já vi acontecer e é mais raro: resenhar uma obra divagando o tempo todo sobre outras coisas.
Talvez alguém objete que eu conto os “spoliers” nas minhas resenhas de seriados. Na verdade um guia de episódios nos obriga a descer mais aos detalhes, por causa da sequência, mesmo assim eu procuro não resumir simplesmente, mas apontar as qualidades básicas, a psicologia dos personagens, também uso escandir as cenas antológicas ou marcantes, para que a sua mensagem seja bem entendida.
Nos livros, quando se trata de romances (portanto histórias) também já vi esse cacoete de contar tudo. Não faça isso. Desenvolva a técnica da resenha com destaques sobre aquilo que mais lhe chamou a atenção. Se é para resumir o livro é melhor Lê-lo que ler a resenha.

Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 2017.
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 29/12/2017
Código do texto: T6211571
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
2324 textos (114457 leituras)
46 e-livros (4342 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/18 14:01)
Miguel Carqueija