Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos em diagrama

Apresentação do contexto de dois sonhos em diagrama, e de alguns poemas:

Freud em A interpretação dos sonhos comparou o conteúdo manifesto do sonho ao ideograma.
Haroldo de Campos em Ideograma, lógica, poesia e linguagem, comparou o poema ao ideograma.  Os procedimentos estéticos da poesia oriental são impressionantemente próximos aos procedimentos da poesia ocidental, são irmãos.
Em A palavra in-sensata poesia e psicanálise, reuni as três formas, o sonho, o ideograma e o poema, no que estas estruturas possuem em comum: estes 3 contexto têm em comum: eles não são regidos pela gramática.

As diferenças:
O conteúdo manifesto do sonho é um produto de quem sonha.
O poema é o produto do procedimento estético do poeta com as palavras.
Cada ideograma milenar é formado por caracteres, e o conjunto de ideogramas constitui  a grafia de línguas orientais escritas e faladas ainda em nossos dias: o chinês e o japonês, por exemplo, mas há outras línguas., e a escrita pelo ideograma é muito próxima no chinês e japonês, por exemplo.

Em que essas formações e/ou formas podem ser aproximadas?
Cada uma dessas três diferentes formas, por diferentes caminhos, cria um contexto específico e único. O conteúdo manifesto do sonho, o procedimento estético do poeta ao criar o poema, e cada ideograma, formado por caracteres específicos, cria o estranho, o estrangeiro. Uma característica desses contextos diferentes é que nenhum signo-caractere que o constitui pode ser retirado ou acrescentado, porque destruiria a forma.

Essas formas são regidas por leis:
1. Pela lei da sugestão _ uma lei dos ideogramas que indica que cada signo-caractere é afetado pelos demais, assim como afeta cada um.
2. Pelo tempo da simultaneidade; no tempo do conteúdo manifesto do sonho, e na temporalidade do poema tudo acontece junto, simultaneamente.
3. Mecanismos de construção freudianos _ condensação, deslocamento, condições para a figurabilidade, outros. São procedimentos estéticos do poeta ao construir seu poema.
4. Os contextos aqui apresentados podem ser comparados às partituras musicais, mas não à linguagem discursiva.
5. Tais formações possuem uma materialidade específica, pois, nos afetam através de nossas sensações, sentimentos, por exemplo.
Durante 20 anos ofereci oficinas de poesia, e um dos nomes de minhas oficinas foi:
Da sensação à palavra
Hoje ofereço a vocês a materialidade visual, auditiva, outras, de um sonho de Freud transcrito pelo próprio Freud, e outros materiais que encontrei para apresentar a vocês. Mas antes, uma frase, ou duas sentenças:
Pablo Crocodilo entra NA madrugada de uma padaria
 Vera  entra de madrugada em uma padaria

Sonho que Freud apresenta em diagrama, ou na forma correspondente ao ideograma:


o (s)

pede-se você feche olho
um







Cummings
Recriação de Haroldo de Campos
(em forma de diagrama, ou ideograma)

i (abe) mó
v
e (lha) l
você (n
a) está (ú
nica)
dorm (rosa) indo


Um paciente de Ella F. Sharpe, analista inglesa, sonha com o número 180:
180

1                  I
8            ATE
0  NOTHING



Eliane Accioly
Enviado por Eliane Accioly em 14/02/2020
Código do texto: T6865806
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Eliane Accioly
São Paulo - São Paulo - Brasil, 78 anos
579 textos (27141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/20 15:29)
Eliane Accioly

Site do Escritor