Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Voto Deveria Ser Facultativo (Não-obrigatório) no Brasil

O que é o voto facultativo (voluntary or optional voting) é aquele que é opcional ou voluntário em que os cidadãos decidem ou não votar nas eleições, e é o oposto do voto compulsório ou voto obrigatório (compulsory voting).

Para os que defedem o voto compulsório:

1) O voto é um poder-dever;

Comentário: Poder-dever de quem? Dos políticos ou dos cidadãos? Por que a Consultoria Legislativa do Senado Federal não destacou a importância da consciência e liberdade de expressão dos cidadãos?

2) A maioria dos eleitores participa do processo eleitoral;

Comentário: A maioria das pessoas que votam é por falta de informação sobre a integridade dos candidatos, pelos menos, até o momento, são forçadas pela poder legislativo a votar, para não perderem seus direitos como cidadãos de uma país que se diz "democrático". Se a democracia é tão importante assim, por quê a Consultoria Legislativa do Senado Federal tenta coagir as pessoas a votarem já que vivemos em uma democracia (do grego: demo - povo, cracia = poder) ou seja o povo é quem decidirá a forma de governo ou governar? Há muita contradição na Constituição Federal.

3) O exercício do voto é fator de educação política do eleitor;

Comentário: Desde quando votar tenha contribuído para educação política do eleitor? Nunca! O exercício do voto só tem beneficiado a elite política que para sobreviver e ganhar dinheiro precisa do voto do eleitor. Se o exercício do voto contribuiu para educação, por que ainda temos os piores índices educacionais do mundo? A verdade é que o exercício do voto é apenas um pretexto para deixar que a corrupção passe ilesa nos bastidores da política, sendo a própria política uma forma de opressão e não de liberdade.

4) O atual estágio da democracia brasileira ainda não permite a adoção do voto facultativo;

Comentário: E por que não? As razões é que a sociedade brasileira ainda é leiga (seu poder de decidir é fraco), diz a Consultoria Legislativa do Senado Federal. Por que deixar que a Consultoria Legislativa do Senado Federal (composta de poucas pessoas em comparação a 208 494 900 milhões de brasileiros decidam em relação ao voto? Será que somos incapazes de tomar decisões importantes? Ou deixaremos ser corrompido também pelo poder legislativo?

5) A tradição brasileira e latino-americana é pelo voto obrigatório;

Comentário: Na verdade, a tradição dos políticos é obrigar ou forçar 208 494 900 milhões de brasileiros a votar em um candidato político, sem que todos eles tenha a oportunidade de expô-los. Por "tradição brasileira e latino-americana" trata-se de uma coerção feita pelos políticos, pois é tradição dos políticos quererem obrigar ou coagir os eleitores, ignorando-lhes a chance de opinarem ou decidirem por si mesmos. Pergunte-se: O que o poder legislativo e judiciário ganham com isso? A resposta é óbvia: Dinheiro e favores, e de quem? Dos políticos.

6) A obrigatoriedade do voto não constitui ônus para o País, e o constrangimento ao eleitor é mínimo, comparado aos benefícios que oferece ao processo político-eleitoral.

Comentário: Quem sentem constrangido não é o eleitor, são os políticos, pois para ocuparem um cargo em Brasília precisam ser eleitos, e que os benefícios oferecidos pelo processo político-eleitoral até agora só beneficiaram os políticos, e não os eleitores. Ao dizer que "o constrangimento ao eleitor é mínimo", a  Constituição Federal fere os direitos de consciência e a liberdade dos brasileiros, que são bem destacados pela mesma.

Dos 236 países em que se há eleições, em apenas 31 deles o voto é obrigatório. Os Estados Unidos, por exemplo, é um exemplo em que o voto não é obrigatório, concedendo aos cidadãos a liberdade de escolha, de decidir ou não votar em um candidato. Para os defensores do voto obrigatório (pois, isto parte da elite legislativa do senado), o voto facultativo desencadearia uma série de revoluções ou mesmo problemas em grande proporções, mas será mesmo? Ou estes defensores estão apenas se preocupando com os seus próprio problemas e não os das população brasileira em geral?

Todos, nós deveríamos refletir nisso, e lutarmos pelos nossos direitos individuais, e nossa liberdade de expressão.


Giljonnys Dias
Enviado por Giljonnys Dias em 20/09/2018
Reeditado em 20/09/2018
Código do texto: T6454065
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Giljonnys Dias
Lago da Pedra - Maranhão - Brasil, 32 anos
71 textos (1537 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/18 16:25)
Giljonnys Dias