Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minusculo amigo.

Não quero me entristecer
Nem quero que te entristeça
Se Deus livre não te agradei
Pou favor me perdoe e esqueça.

Quero te ver sorridente
Cheia de vida e amando
Tratando o seu belo jardim
Enquanto por ti estou orando.

Pra que não sejas ameaçada
A loba a jade e a pantera late
Pense em salada de frutas
Algodão doce pessego e chocolate.

Pense em um bom amigo
E tomara que seja eu
Pense que estou sempre orando
Rogando pelo sucesso seu.

Que sejas sempre bem feliz
São estes os votos meus
Mais quero te ver pensando mais
Na maravilhosa obra de Deus.

Lembra-te daquele passarinho
Condutor de tantos recados
Recorda daquele cavalo preto
Que vou querer de novo emprestado.

Pense naquela mãe tão meiga
Que só bons conselhos te dá
Lembre-te deste seu minusculo amigo
Que sente prazer em te homenagear.

Imagina uma platéia te aplaudindo
Depois de ter te ouvido cantar
Não pense nunca mais em feridas
Pois estas vão logo cicatrizar.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 13/03/2007
Reeditado em 16/03/2007
Código do texto: T411619
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 67 anos
6223 textos (177849 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 05:53)
Pedro Nogueira