Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Algo que eu não explico.

A sutileza de um beija-flor
A agilidade de um esquilo
A imponencia de um condor
E a leveza do salto de um grilo.

A força de um leopardo
A destreza de uma coruja
Do cão de caça o olfato aguçado
Prevendo o perigo antes que surja.

A habilidade de uma abelha
Retirando da flor o seu mel
A simpatia de uma arara vrermelha
E a paciencia de uma cascavél.

O cantar doce de um canário
O brilho amarelo da flor do ipê
O urutau que inérte observa o cenário
A aguia que se renova pra sobreviver.

A fidelidade de um João de barro
E a humildade de um tico-tico
E é ai que eu me esbarro
Com algo que eu não explico.

O homem que é um ser racional
Precisaria ser tudo isso
No entanto busca a maneira ilegal
No cumprimento de seus compromissos.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 08/09/2007
Código do texto: T644207
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165718 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:01)
Pedro Nogueira