Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estou agora te convidando.

Uma boa moda de viola
Doce ingrediente que consola
Minha modesta alma de caipira
O revoar de um colibri assediando uma flor
O cantar de uma cigarra numa noite de calor
É a primavera com suas cores que inspira.

O mormaço que exala cheiro de mel no ar
A passarada em alvoroço,pois é tempo de procriar
E o meu coração que ora, meditando adimira
Quanto brlilho quanta flor e quantas cores
Primavera doce estação de paixão e de amores
O canto imponente do sabiá,a simplicidade da corruira.

A madrugada é mais bela e muito mais radiante
O sol bem mais intenso e bem mais brilhante
Com a exuberante cor azul de uma safira
Sou grato a DEUS porque lá no mato eu nasci
E em meio a sinplicidade ser simples eu aprendi
Ao louvar  a DEUS por isso emocionada a alma suspira.

Sou feliz só por ser um simples matuto
O respeito a natueza é o forte do nosso estatuto
Com clausulas bem simples faz com que o coração delira
Ficaria meses a fio tanta beleza te explicando
Vou fazer melhor estou agora te convidando
Por gentileza venha visitar o meu sertão e confira.


Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 22/09/2007
Código do texto: T663973
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165715 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 14:35)
Pedro Nogueira