Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


De grão na asa
 

Se chegas de voz afiada
eu fico toda a tremer,
pois tenho quase a certeza
que já estiveste a beber.
 
Vens a arrastar a palavra
que sai que nem assobio,
e só de ver como vens
Eu calo-me. Perco o pio.
 
Tu tornas-te implicativo,
discutes por tudo e nada…
Se adormeceres no sofá,
temos noite descansada.
 
E, de manhã, bem cedinho,
acordas parecendo um santo
e eu fico com remorsos
de me ter zangado tanto.
 

Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In ”Muita Poesia e Pouca Prosa

 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 25/06/2019
Reeditado em 25/06/2019
Código do texto: T6681559
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lucibei
Viana Do Castelo - Viana do Castelo - Portugal, 68 anos
3027 textos (112760 leituras)
14 áudios (1576 audições)
10 e-livros (1727 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 16:59)
Lucibei

Site do Escritor