Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
TROVADOR

ANGÉLICA ARANTES

Trovador ouça a canção
Deste coração sofredor
Que esta morrendo de paixão
E só vive de dissabor.

Nas trovas que eu componho
Faço a minha declaração
Neste tempo que disponho
Tens a minha declamação.

Queria falar agora
Deste imenso amor
Mas já estais indo embora
Deixando comigo a dor.

A dor de uma saudade
Que não faz bem e só maltrata
Tenha de mim piedade
Pois ela é muito ingrata.

Meu mal foi te querer
Pois a ingratidão muito fere
Fez meu coração endurecer
E a saudade ainda interfere

ANGELA RODRIGUES
 
Poeta, não chore quando a noite chegar
Logo o dia amanhece
E ele também aparece
Para seu amor declarar
A lua lhe fará companhia
E como eterna enamorada
Lhe trará tanta magia

Que a distância vira nada
Por isso trovadora
Não fique triste não
A tristeza é tentadora...

Mas, mais forte é a paixão
E logo ao amanhecer
Virá outra prova de amor
Seu poeta vai dizer
Que para você ele voltou
A alegria reinará
A tristeza vai se mudar
Seu coração vai palpitar
Quando ele assim falar.


ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 28/09/2007
Reeditado em 29/09/2007
Código do texto: T672603
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (289967 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 17:28)
ANGELICA ARANTES