Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trovas, trovões, trovoadas, haikais e etc. Trovinhas descomprometidas, de entretenimento, homenagens e até desabafos.

Sarja sarjeta
peão barrelou
bêbado na sargeta
sargento pegou.
**************

Hoje amanheci sem inspiração
Carreguei cimento, ajudei o pedreiro
Pra construir outra sala de aluguel
Também senti um aperto no coração
Continuo a luta com pouco dinheiro
Mas não esqueço aqueles lábios de mel
**************

Glória eu vi a metáfora da realidade
Que você guarda em seu interior
Vi a beleza da sua moralidade
Na sua inteligência em flor.
**************

Obrigado pela visita comentada
Saber que foi lido é estimulante
Porque a poesia não está parada
Nossos ideais devem seguir adiante.
**************

Sou hereje
sou pagão
Porque a razão me proteje
Mas ATEU não...
**************

Você é muito bom... inovou... arrebentou...
Lí os dois sonetos que me recomendou
Escolhi mais este e muito bem soou
Seu aprendiz agora sei que sou.
**************

Minha rosa do norte
tenho o que vc quer
eu sou o homem forte
procurando uma mulher.
**************

Cristina Ribeiro gostei de SAUDADE
Mas este é um tema que nunca explorei
Nas minhas poesias  até minha idade
Em todos meu versos eu nunca chorei
**************

 PASSANDO O CHAPÉU:


Agência 01616
Banco 232 - Bradesco
Conta corrente 0674315-3
Favorecido: Marcos Aurélio Barbosa da Silveira

Agradecemos todas a contribuições depositadas no "chapéu" que foi substituido pela conta bancária acima.

ANTIGAMENTE HAVIA UM MÉTODO SIMPLES DE FINANCIAMENTO POPULAR DA ARTE, PASSANDO O CHAPÉU. ARTISTAS, POETAS E ATÉ ALGUNS ESCRITORES, APÓS A APRESENTAÇÃO DE SUA PRODUÇÃO LITERÁRIA OU ARTÍSTICA PASSAVAM O CHAPÉU PARA OS OUVINTES, QUE OFERTAVAM A SUA CONTRIBUIÇÃO  EM PRAÇA PÚBLICA E ATÉ EM FESTAS PARTICULARES.
OS TEMPOS MUDARAM E OS COSTUMES SÃO OUTROS... ENTÃO ESTAMOS TENTANDO ARRECADAR A CONSTRIBUIÇÃO DOS LEITORES QUE GOSTAM DE NOSSOS TEXTOS PARA POSSIBILITAR A  PUBLICAÇÃO DE NOSSOS LIVROS NA VERSÃO IMPRESSA.
SABE-SE QUE LIVRO NÃO DÁ LUCRO PARA ESCRITOR INICIANTE, MAS MESMO ASSIM O NOSSO SONHO DE CRIAR UMA FUNDAÇÃO E DEIXAR UM PEQUENO LEGADO CULTURAL PARA AS GERAÇÕES FUTURAS NÃO ACABOU. UM PROJETO QUE PRETENDEMOS FINANCIAR É A PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE UM JORNAL DE CONTEÚDO EDUCATIVO/ CULTURAL NAS  ESCOLAS PÚBLICAS.

 
         AJUDE A PATROCINAR NOSSOS LIVROS IMPRESSOS

     O escritor e jornalista Marcos Barbosa vai a publicar outros livros no formato tradicional, versão impressa e continuar a coleção UNI-VERSO E PROSA DE MARCOS BARBOSA.
         Com quase trinta mil leitores no Recanto das Letras, criou coragem e lançou a campanha PASSANDO O CHAPÉU.
     Os três livros de bolso, foram vendidos inicialmente nas bancas centrais de Brasília e em algumas  bancas de revistas das capitais do país, a R$ 5,00 apenas, para atingir também aos trabalhadores de baixa renda.
     Os contos publicados pela editora Ícone de Brasília são: A MORTE DO SOL E O BURACO NEGRO; O Herói de "Mensagem a Garcia" e um livreto de poesias SAGA DA HUMANIDADE, todos  já lidos por muitos "freqüentadores" do RECANTO DAS LETRAS.
     O objetivo é desenvolver uma estratégia de marketing para escapar da alta roda dos intelectuais e atingir aqueles que mais precisam de leitura, o homem comum, do povo.
Dom Marcos Barbosa II
Enviado por Dom Marcos Barbosa II em 01/11/2007
Reeditado em 30/03/2013
Código do texto: T719440
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ( Autorizamos a publicação citando o autor e a fonte: Marcos Barbosa - www.recantodasletras.com.br/autores/marcosbarbosa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dom Marcos Barbosa II
Águas Lindas de Goiás - Goiás - Brasil, 61 anos
220 textos (37050 leituras)
11 e-livros (659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 20:12)
Dom Marcos Barbosa II