Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem a alma não esquece.

Campo aberto e liberdade
Redias soltas e sem saudade
Eu quero agora cavalgar
Longa estrada e verdes montes
Vou em busca de horizontes
Com a minha paz se encontrar.

Vou jogar fora tudo que machucou meu ego
Em velhos resquicios nunca mais me apego
Vou por um sorriso no lugar da solidão
Só o que me importa é agora ser feliz
Porque o resto o próprio nome já diz
E eu já cansei de ver sofrer o meu coração.

Eu vou gritar teu lindo nome aos quatro ventos
E esteriorizar o meu mais puro sentimento
Dizer ao mundo que te amei desde que te vi
E o meu coração com a liberdade da neblina
Indo para onde o Senhor DEUS determina
Mas em busca de alguem que nunca esqueci.

Serei feliz a qualquer custo eu garanto
Pois a presença dela  é a ausencia do meu pranto
Chorar agora só se for de felicidade
Acreditando que foram ouvidas as minhas preces
Vou estar perto de quem a minha alma não esquece
Um grande sonho que virou realidade.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 03/11/2007
Código do texto: T721847
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:43)
Pedro Nogueira