Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A razão da minha paz.

A saudade que atormenta
O meu pobre coração
É a mesma que alimenta
A mais doce pretenção
De um dia rever aquela
A princesa meiga e bela
Que aguçou a minha paixão.

Chego a sentir o perfume
Daquela pequena flor
E fico cheio de ciume
Mas não demonstro a minha dor
Vai valer a minha espera
Sei que um dia a primavera
Me trará este esplendor.

E se não for nesta estação
Pode até ser no outono
No inverno ou no verão
Ao meu lado está o teu trono
E superlotado de paixão
Vivendo  este meu coração
Que do teu amor quer ser o dono.

Me lembro de ti todo dia
E não vou esquecer jamais
Está presente em minha poesia
E és a razão da minha paz
Sómente DEUS pode te explicar
O quanto já me fez chorar
E falta que voce me faz.
Pedro Nogueira
Enviado por Pedro Nogueira em 13/11/2007
Código do texto: T734907
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Nogueira
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
6223 textos (165715 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 03:51)
Pedro Nogueira