Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imagem da escrivaninha de Claraluna - Hull de La Fuente


LAGOS AZUIS

Eu mergulhei nesse lago

Do azul do teu olhar

E recebi todo afago

Que guardavas pra me dar.

(Hull de La Fuente)



Nesses olhos encontrei
a vida que procurava...
No dia em que te beijei,
senti o quanto te amava!

(Zelia Nicolodi)


Nestas águas o encanto
do azul de bela flor
não imaginas o quanto
eu te adoro meu amor!... 

(Maurélio Machado)


 

ESSA AGUA AZUL CLARA

SE COMPARA AO SEU OLHAR

QUE É DE UMA BELEZA RARA

E ME FAZ SEMPRE TE AMAR.

       (Poetisa Amadora)





Também adoro as poetisas

Que neste Recanto estão

São mulheres admiráveis

Que curam qualquer depressão

       (Pedrinho Goltara)





Nesse lago mergulhei

E não quero mais sair

Se ele existe, não sei

mas sei que o pude sentir

      (Milla Pereira)






Águas que imaginas

No lago turvando pranto

São saudades nas retinas

Por alguém que amo tanto


(“ A Poetisa dos Ventos” Deth Haak)

 

Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 20/11/2007
Reeditado em 22/11/2007
Código do texto: T745000
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
8154 textos (1696593 leituras)
2 áudios (1152 audições)
95 e-livros (6308 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 23:42)
Maurélio Machado