Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A carne, dedicatória.

Dedicatória
Ao verbo que se fez carne
– Intrigante e magnífica criação divina: a mulher.

Aos padeiros do último quartel do século XIX
– Eis mais um pão saindo da fornalha, recheado de espiritual fermento carnal,
apesar de todas as caquexias pecuniárias. Perdoem-me os discretos estrangeirismos!

Ao arquiteto das curvas, Oscar Niemeyer
– De curvas este livro se fez, ao final do sexagésimo nono dia!
Não estranhem o excesso de ondulações, em vários poemas.
Afinal, está na sinuosidade feminina a maior causa dos acidentes corporais...
Ou não são as curvas que nos tiram a atenção,
mudando nossas rotas e nossos destinos?
Se o universo é curvo, o feminino universo, curvilíneo, é que nos movimenta.
Nijair Araújo Pinto
Enviado por Nijair Araújo Pinto em 22/10/2017
Código do texto: T6149894
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nijair Araújo Pinto
Crato - Ceará - Brasil, 46 anos
2196 textos (65176 leituras)
81 áudios (1661 audições)
3 e-livros (542 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 21:27)
Nijair Araújo Pinto