Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cenas do Mundo Real I

Um homem acocorado
Como se o ânimo lhe faltasse
Assiste a manhã que se desfralda.

A rua, de chão batido
Deixa-se entrecortar em ânsia
Pelo fétido vômito dos esgotos

Na tv
Notícias de morte na noite recente
Contrasta com a palidez
Do dia que se inicia

Com um graveto
O homem ar (r) anha
Em tênue rabisco,
Sua teia de sonhos
Onde se eleva
E se enleia.

Na rua,
Um homem acocorado
Aguarda em seu silencio de ovelha
O momento de caminhar para o matadouro.
Raimundo Nonato
Enviado por Raimundo Nonato em 23/08/2007
Código do texto: T620002

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raimundo Nonato
Teresina - Piauí - Brasil
257 textos (58778 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 08:01)