Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TADINHA DA IRMÃ

E assunto que ninguem comenta
por que arde como pimenta
mas eu descobri esta manhã.
Foi la perto da pinguela
no começo de uma viela
que traçaram a minha irmã.
Se acaso ficar barriguda
vai ser um Deus nos acuda
vai ser o pozinho dela.

Tera cavado sua sepultura
o véio quebrará sua dentadura
vai voar caco de panela.
Sempre foi uma namoradeira
mas agora marcou bobeira
namorando o Ze Tramela.
Ou reza para Santa Luzia
ou apela para a feitiçaria
ou vai voar pela janela.

Como ta espanada a maçaneta
e ja viu o estouro da espoleta
ja esta plantada a beringela.
Veremos quem e que dança
por que não gosto de criança
sinto ate febre amarela.
Ou ela vai dando o pinote
ou pularei no seu cangote
eu arrebento essa magrela.
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 25/08/2007
Código do texto: T623324
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2611 textos (231167 leituras)
31 e-livros (2316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 05:05)
GIL DE OLIVE