Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUCIDEZ

Minha lucidez nada constrói
Nem desconstrói, ela esta no ar
Como um velho balão

Pode ser que exploda
Porque o tempo a consome
Ou por não suportar a pressão

Minha lucidez não é uma bússola
Nem é um farol que orienta
Apesar de ser luz na escuridão

Ela é um velho astrolábio
Nas mãos de um capitão doido
Que não sabe as razões do coração!

 
Celio Govedice
Enviado por Celio Govedice em 27/08/2007
Reeditado em 27/05/2017
Código do texto: T626351
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celio Govedice
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil
1280 textos (70057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:19)
Celio Govedice