Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O piano toca ao longe
acordes solitários
na quieta madrugada

ária divina
voa como brisa ao léu
fica a sensação
da alma delicada

expulsa fantasmas
que visitam a solidão
tons suaves
calam a noite
seduzem a lua prateada

dedos deslizam
ternos
leves
melancólicos

piano e pianista
são um só
posse e posseiro
num recital
transcendente

mãos e sons
arteiros
respondem
se abraçam
se amam
lentamente


Soninha Porto Poemas
Enviado por Soninha Porto Poemas em 28/08/2007
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T626996

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos reservados à autora Soninha Ferraresi Porto®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Soninha Porto Poemas
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
293 textos (16656 leituras)
1 áudios (61 audições)
18 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 05:10)
Soninha Porto Poemas