Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GRANDE MENTIRA

Existem muitos enganos e mentiras no meio evangélico. E já temos denunciado isso em nossos trabalhos literários. E queremos na oportunidade mostrar ainda outros enganos e mentiras alardeadas entre aqueles que se dizem povo escolhido.

Uma dessas mentiras é dizerem, indiscriminadamente, “Jesus te ama”. Vamos investigar as Sagradas Escrituras para sabermos se é assim.

No livro de Provérbios de Salomão, lemos: "Eu amo aos que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão." Pv. 8:17.

Não obstante o texto se referir à sabedoria, sabemos pela própria Escritura que Jesus foi feito sabedoria de Deus, veja:

"Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus." I Co. 1:24.

Outrossim, diz mais a Escritura:

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele." Jo. 14:21.

Como vimos, a condição para ser amado por Jesus e por seu Pai, é guardar os seus mandamentos. Nessa mesma passagem vemos outra coisa importante: que os mandamentos são de Jesus. E isso está corretíssimo. Pois Jesus é a palavra de ação, ou o Verbo de Deus, significando o seu porta voz. E como eles são um, os mandamentos são deles.

Mas alguém poderia argumentar que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho onigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo. 3:16.

Isso é verdade Com a ressalva de que o tempo do verbo está no passado; e que amor aqui não significa sentimento de querer ou desejar. Pois diz a Escritura que o amor é sofredor, etc. E Deus já sofreu por nós a ponto de fazer o sacrifício que outro não podia fazer por todos os que aceitam o resgate.

Outrossim, ele mesmo nos ensina: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." I Jo. 2:15.

Jesus já provou o seu grande amor pelos homens: Morreu para que tivéssemos acesso a graça que nos é concedida pelo evangelho eterno. E diz o apóstolo que a graça reina pela justiça. Rm. 5:21. E esta, diz a Escritura, é a lei de Deus ou os seus mandamentos. Sl. 119:172. Já tratamos disso noutro trabalho intitulado “a graça de Deus", razão porque não vamos detalhar o assunto aqui.

Por conseguinte, outro engano é pensarem que todos que crêm em Jesus como Salvador serão salvos. E sobre isso já discorremos em outros trabalhos codificados por nós. Um deles foi intitulado “Uma fé dos diabos”. Apesar disso, queremos ainda enfocar o seguinte:

Esses mesmos que pregam essa fé ilusória, não atentam para o que disse Jesus: "Quem crer em mim como diz a Escritura, rios de águas vivas fruirão do seu interior." E apesar de se fundamentarem na passagem que diz: "E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão." Mc 16:16-18. Sim, dizem crer nessa promessa, mas não têm feito essas coisas, a não ser esparsamente, ou ocasionalmente, como falar em línguas estranhas.

Aqueles que isso pregam, não raramente, dependem de médicos e remédios para a cura dos males que sofrem. Ouvi falar do caso de um pastor que tomava Viagra para alcançar satisfação carnal. Além disso, também não é raro que muitos deles tenham planos de saúde para si e para as suas famílias. E onde está a fé que tanto alardeiam? Ora, se não são ouvidos quanto as suas necessidades naquilo que precisam para o corpo, como haverão de ser salvos para a vida eterna?

Existem tantas histórias fantasiosas que divulgam, mas quando chega na hora do vamos ver... Falar é fácil, o difícil é fazer. Falam tanto de poder e maravilhas, mas a prática não colabora para confirmar aquilo que discursam. E a Escritura diz que. ao tempo de Paulo, o evangelho que ele pregava era confirmado com sinais e maravilhas. At. 19:11 e Rm. 15:18 e 19.

E há quem diga: Mas Paulo era Paulo... Mas que diz a Escritura: "Estes sinais hão de acompanhar aos que crerem..." E então, deixaram de crer? Ou estão crendo erradamente? Eu entendo que esta última resposta é a correta. Porque diz a Escritura que o crer vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus. Ora, se esta significa os mandamentos de Deus, conforme falou Jesus, e também o poder de Deus, conforme falou Paulo, se não obedecem a eles então não podem ser revestidos de poder e nem ter virtude para operar prodígios e maravilhas.

Já que eles não têm o amor de Deus, aquilo que fazem assemelha-se ao metal que soa, ou ao símbalo, que retine: só barulho.

Creia de conformidade com a Escritura. Pratique como ela ensina, e nunca você será confundido na sua fé e na sua expectativa.
oliprest
Enviado por oliprest em 30/08/2007
Reeditado em 11/01/2015
Código do texto: T630794
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
oliprest
Manaus - Amazonas - Brasil, 67 anos
2161 textos (186498 leituras)
247 áudios (2702 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 17:06)
oliprest

Site do Escritor