Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

R E V O L T A

     



Esta poesia foi inspirada em um menino a quem eu dedico este poema,ele mora em uma comunidade e ao ver suas ações e atitudes hostis, fiz esta composição. Este menino é um pouco diferente dos outros fisicamente e esta diferença o faz revoltado ,aliado a tudo isto o próprio maltrato da vida que leva,ele veste uma capa de maldade    que está muito longe de sentir,quer sempre agredir,mas no fundo do ser deseja muito carinho e amor e  ao receber este afeto se transforma retribuindo o amor,amando a vida e  as pessoas,porém o primeiro sinal de maltrato volta a ser agressivo e revoltado.
Eu te amo menino do mundo e da rua ,espero que sua revolta se transforme em  amor e que os seres humanos  ajudem na superação de seus traumas,em vez de atrapalhar.
.


                   R E V O L T A

Com a força imensurável da dor
Da diferença do ser
Querendo arrebentar ,matar e
bater
Para assim aparecer...

Quando afastada
Esta força revoltada da dor
Surge no rosto  estampada
A imensa força do amor

Do amor que tenta esconder
As ações de respeito e bondade
Escondidas no Ser
Que tenta parecer maldade

A maldade camuflada
Com aparência ostensiva
Mas na verdade calada
Expressava ação defensiva...

Se me  bater ,eu bato
Se me  amar,eu amo
Não sei  trocar maltrato
Nem  aceitar desengano

Por isto, peço ao mundo
Que olhe pra mim urgente
Com um olhar bem profundo
Pra que eu possa ser..gente
zezebarcelos
Enviado por zezebarcelos em 30/08/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T631188

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
zezebarcelos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
50 textos (4369 leituras)
1 áudios (118 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 04:47)
zezebarcelos

Site do Escritor