Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

lago solitário

meu paciente amor se desdobra em torentes, precipitando-se desde o levante ao poente.
do alto dos montes silenciosos,e das tristeza da dor,minha alma se atira gemente para os vales.
por muito tempo, consumi-me de desejos : olhos perdidos na distancia.
por muito tempo a solidão me possuiu,agora esqueci de me calar!
vou gritar para todos:
e que meu rio de amor corra para o mar!
como meu rio encontrara o caminho do mar?
um lago há! um lago...
sem duvidas um lago solitario, que se alegra por si proprio, mas o meu rio de amor arrasta-o consigo para o mar.
como amo agora, ea quantos posso falar? que meu lago é solitario
mas grande é o meu amar...

wender rodrigues monteiro
Enviado por wender rodrigues monteiro em 01/09/2007
Código do texto: T634363

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
wender rodrigues monteiro
Anápolis - Goiás - Brasil, 34 anos
2 textos (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 22:37)
wender rodrigues monteiro