Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Água seca!!

Água seca!

Água que desce o morro e mata sua sede,
Que faz com que o peixe caia em sua rede
Que parece infinita mas pode acabar.

Cabe a cada um no povo rever seu conceito
Entender que o mundo pode ser perfeito
É preciso cuidar para sobreviver.

De nada adianta reclamar do tempo
Temos que correr em busca do sustento
Para isso vamos conscientizar.

Água não desceu do morro porque já secou
A Consciência o povo não priorizou
O peixe no seco não sobreviveu
E nesse mundo o que será dos meus?

Inconscientemente consumir
Fará com que tudo deixe de existir
E o que será que está por vir?

Água não desceu do morro, o que será de mim
A Consciência o povo, o que será de ti
O peixe no seco, o que será de nós
E desse mundo o que será?
Naldo Rodrigues
Enviado por Naldo Rodrigues em 03/09/2007
Reeditado em 28/06/2008
Código do texto: T636829
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Rodrigues
Curitiba - Paraná - Brasil, 45 anos
205 textos (2336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 12:47)