Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS MINHAS EMOÇÕES

Não desmerecendo os grandes escritores e suas obras  , percebo minha preferência e maior identidade por escritoras, ao ler minhas queridas Clarice Lispector e Hilda  Hist  uma  emoção  totalmente diferente me toma , as leio com o coração e não  com  a  razão , parece que estou entre amigas .

É sútil a sensação de familiaridade feminina que eu  sinto ,  as nossas emoções são diferentes e ponto, não é raro depararmos em situações que  fica claro  que  a  alma  feminina  é  quase  uma  religião  ,  uma divindade  e quando  algum  homem  diz  que  somos  complicadas  na verdade somos sentidoras demais ,vemos o mundo com outras lentes .

Também existem os nossos estrôgenios , o sexto sentido e ainda o poder da criação , levar  a  vida  a  viver , Não é assustador ?

Toda essa intensidade em emoções  produz uma fome , o querer infinito , uma doce ansiedade  o ser mulher.

 

Então em tempos que minhas emoções andam aos pulos de ansiedade e ligeira melancolia , eu  procuro sentir ainda mais a emoção em cada palavra feminina .

Horas rubras



Horas profundas, lentas e caladas
Feitas de beijos sensuais e ardentes,
De noites de volúpia, noites quentes
Onde há risos de virgens desmaiadas…

Ouço as olaias rindo desgrenhadas…
Tombam astros em fogo, astros dementes.
E do luar os beijos languescentes
São pedaços de prata p’las estradas…

Os meus lábios são brancos como lagos…
Os meus braços são leves como afagos,
Vestiu-os o luar de sedas puras…

Sou chama e neve branca misteriosa…
E sou talvez, na noite voluptuosa,
Ó meu Poeta, o beijo que procuras!



Florbela Espanca


 

 

Fragmentos

Muros castos e tristes
Cativos de si mesmos
Como criaturas que envelhecem
Sem conhecer a boca
De homens e mulheres.
Muros Escuros, tímidos:
Escorpiões de seda
No acanhado da pedra.
Há alturas soberbas
Danosas, se tocadas.
Como a tua própria boca, amor,
Quando me toca...

Hilda Hilst

Obriga por ler o texto e espero que tenha gostado .
Visite meu blog http://renata.news.zip.net/
Renata Pitaguari
Enviado por Renata Pitaguari em 04/09/2007
Código do texto: T637465

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Renata Pitaguari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 43 anos
8 textos (542 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 11:13)
Renata Pitaguari