Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem sabe...

Quem sabe o coração se abra...
Quem sabe a alegria ressurja...
Quem sabe a esperança aponte...
Quem sabe a alma abrase...
Quem sabe meu olhar te encontre...

Quem sabe o vitral se quebre
e aja mais que a luz das cores...

Quem sabe no vaso se veja
muito mais que apenas
algumas flores...

Quem sabe as nuvens corram,
alcancem seu pensamento...

Quem sabe seu ser se revele
ao sopro da brisa, do vento...

Quem sabe o alicerce reforçado
não desmorone a frágil construção...

Quem sabe a poesia se faça,
renasça no seu, no meu coração...

Quem sabe da dor à alegria,
no encontro à meia-noite...

Quem sabe, na cama, suspiros,
gemidos de dois seres se acoitem...

Quem sabe a alma abrase...

Quem sabe meu olhar te encontre...




SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 08/09/2007
Reeditado em 08/09/2007
Código do texto: T643583

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
958 textos (31252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:32)
SueliFajardo