Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEU NOME ... minha prece de amor ...



Nos meus eternos momentos
de insônia e de solidão,
fecho os olhos cansados da tua ausência
e sinto imaginariamente o cheiro da tua pele
tostada pela energia  natural  do seu corpo
bem distribuído e sensual ...
Automaticamente, penso alto e, sussurrando,
como se tivesse medo de escutar a  própria voz,
pronuncio, repetidamente o teu nome,
que, há muito, deixou de ser um nome,
simplesmente...Virou  uma oração ...
uma prece que não promete milagres,
mas  é tudo o que eu  tenho de ti ...

O teu silêncio  povoa os meus ouvidos
de  ecos inaudíveis e  desesperadores
e me traz uma vontade enorme de chorar.
Mas  lágrimas não afogam saudades
porque, se afogassem,
no mínimo, elas estariam flutuando
num rio caudaloso e soturno.
 
Nos meus  eternos momentos
de insônia e de solidão,
aconchego-me, imaginariamente,
ao tapete mágico do teu peito
para descansar minha carência
e despertar em ti a fúria do prazer
e a vontade de percorrer,
como o sangue nas veias,
garimpos virgens e inexplorados
que habitam em mim.

E, como  és o meu  único e eterno
descobridor  de emoções,
sonho  vê-lo desbravar, heroicamente,
o emaranhado dos meus sentimentos
puros por opção e  ocasionalmente devassos,
guardados no mais íntimo do meu ser
para o nosso momento de entrega e exaustão.
 
Nos meus  eternos momentos
de insônia e  de solidão,
que se repetem tanto,
procuro, imaginariamente,
as tuas mãos aveludadas  e excitantes
moldadas   para os momentos de carinho
e sinto-as deslizando vagarosamente,
o meu universo,
inebriando  a minha alma de felicidade
e  inundando  o meu mundo interior de êxtase.
 
Nos meus eternos momentos
de insônia e  de solidão,
imaginariamente, abro os meus braços
a procura dos teus
e choro, e rio e falo e  te chamo baixinho,
e repito teu nome,
teu nome de santo ... de santo guerreiro,
que habita, altaneiro, o meu coração;
desperta em minha alma o prazer   pela vida
que guia meus passos,  e ao céu, me conduz,
e espalha em  meu quarto
raios de esperança,
e chora em meu quarto
 feito  uma criança
e  faz do meu quarto um cenário de luz ! ...
 
Maria  Nascimento Santos  Carvalho
 Site :  www.marianascimento.net


Maria Nascimento
Enviado por Maria Nascimento em 08/09/2007
Código do texto: T644292
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Nascimento
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
904 textos (45712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 01:17)
Maria Nascimento