Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendiz de poeta

Aprendiz de poeta

Para escrever poesia nem é preciso muita inspiração,
mas pelo menos um pouco de melancolia é fundamental,
disse o poeta.
É preciso sentir-se como se tivesse sido passado para trás alguma vez na vida,
 perdido um amor, ter tido as  asas partidas.
Aprender a cultivar o silêncio.
Se sentir só entre amigos, na multidão, ou mesmo  com a pessoa que você mais ama,
 Na verdade é preciso ter morrido e renascido muitas vezes.
Aprender a compreender o sofrimento,
até que a tristeza se destile e se transforme em energia pura,
e como a água, brote da terra, fresca e cristalina e então corra pelos  vales, banhando os bosques, banhando as flores e as pedras, formando rios, virando chuva.
É esta energia  que te tornará irmão de todas as coisas.
Alguns já nasceram poetas, porque já nasceram tristes.
Como Miguelin,o menino do livro do G.Rosa, que desde criança já sentia saudade..

Grácio Reis
Enviado por Grácio Reis em 11/09/2007
Reeditado em 25/10/2008
Código do texto: T647172

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Grácio Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
1333 textos (52106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 21:10)
Grácio Reis