Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM GRITO DE TRISTEZA


 
     Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]
 
Acalme este meu sofrido coração Senhor
Faça com que a minha hoje triste alma
Afaste para sempre de mim esta maldita dor
Traga luz ao meu viver, me devolva a calma
 
Tira de minha mente este amargo e triste amor
Faça com que meu coração, pare de tanto doer
Me traga novamente o brilho do sol com seu calor
Agasalhe minha alma, com tua luz, afaste meu sofrer
 
Me traga um amor verdadeiro, em meu caminhar
Não me deixe neste caminho tão amargo e solitário
Me devolva a beleza das flores, me de a luz do luar
Ponha estrelas em meu céu, afaste de mim este calvário
 
Me mostre novamente, a grandeza e beleza, que existe no mar
Que eu possa ver de novo os pássaros e o seu canto escutar
Deixa de novo meu rosto sentir, da brisa o doce acariciar
Faça com que novamente possa alguém suavemente beijar
 
Sei que a juventude de mim, a muito tempo se afastou
Que toda beleza, também deste meu corpo já se esvaiu
Mas no meu coração, a chama do amor, ainda não apagou
O desejo ainda reclama, e da alma o vigor ainda não partiu
 
Senhor, sinto a falta de um amor, de uma luz, de feliz viver
Tu que ao poeta deste, com  teu sopro divino, tanta luz e amor
Não deixe o poeta se perder na tristeza, e assim só, vir a morrer
De a ele alguém que o saiba amar, assim ele esquecera, este sofrer...
 
 
 
 
   
 
Principe dos poemas e do amor
Enviado por Principe dos poemas e do amor em 11/09/2007
Código do texto: T648006
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Principe dos poemas e do amor
Aquidauana - Mato Grosso do Sul - Brasil
885 textos (107556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 20:48)
Principe dos poemas e do amor