Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do alto do precipício

Daqui vejo com nitidez
O estado contemporâneo
Da sociedade brasileira,
Sem rumo a ruir desvairadamente

São todos diferentes,
Mente e alma,
E muito desgarrados
Da soliedariedade

Uma orda forjada
De brigas e preguiça
Uns poucos sensatos
Que tentam acalmar tudo

Não acredito no milagre
De uma restruturação
Nesse país corrupto...
Então fica por isso mesmo.



Marco Aurélio Andrade Massilon
Enviado por Marco Aurélio Andrade Massilon em 12/09/2007
Reeditado em 16/11/2010
Código do texto: T649374

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deverá indicar a autoria de Marco Aurélio Andrade Massilon, de Campo Grande - MS.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Andrade Massilon
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 30 anos
65 textos (2260 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 04:52)
Marco Aurélio Andrade Massilon