Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABAFO

Amor, não desfaz de quem se ama
Nem tampouco expulsa da cama
E o entrega por inteiro a solidão;
Não se diz palavras que machucam
E comete atitudes que torturam
Um cansado e honesto cidadão.

Amor, não se joga no fundo do poço
Alguém que já não é mais moço,
Que não sabe viver sem seu amor;
A vida é um grande aprendizado
Não se humilha um homem honrado
Que sempre lhe deu muito valor.

Você não imagina a dura realidade,
O quanto dói uma louca saudade,
O quanto sofre um pobre coração;
Nunca sentiu o frio da desgraça,
Vive na janela olhando quem passa,
Sonhando riqueza, fama e emoção.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 12/09/2007
Código do texto: T649394

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 60 anos
1152 textos (33868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 09:17)
Carlos Melgaço