Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM CONTO DE FADAS

      Sílvia Purper.
E eu, ainda em minha torre,
a observar se ele vai chegar,
dominar o velho dragão que me cerca,
levar-me para outras terras distantes,
longe das paredes deste castelo
de pedras velhas e gastas pelo tempo.

Não é necessário ser assim tão distante,
mas que eu consiga esquecer
os momentos nele vividos e sofridos,
onde fui protegida, cercada de cuidados,
temendo sempre o invisível inexistente.
Medo dos “monstros” descritos tantas vezes,
das pragas, lobos, aventureiros e salteadores.

Mas não existem tais “monstros”. . .
A torre de nada adiantou . . .
Ele chegou, dominou o dragão,
galgou as paredes de pedra,
e juntos seguimos em seu cavalo
até . . . quem sabe ?

Talvez um dia possa eu voltar,
verificar que o velho dragão
nunca existiu e, a torre,
poderia ser facilmente transposta,
mas nunca percebi tais falhas.

Será que tudo não passou de sonho,
ou o sonho começou agora ?

Visitem meu site: www.silviapurper.bio.br
Silvia Purper
Enviado por Silvia Purper em 13/09/2007
Reeditado em 15/09/2007
Código do texto: T651418

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Silvia Purper - www.silviapurper.bio.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Purper
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
18 textos (846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:57)
Silvia Purper