Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema poluído

Caminho vagarosamente
Com passos cansados
E a respiração ofegante
Meus olhos lacrimejando

Tudo se faz  neutro
A linda Flor é palida e
sem cor
Não sinto o odor
do seu doce perfume

Respiro o ar poluído
Meus olhos findam
nesse ar falso
São versos caídos
num coração cansado

Traumas de uma epidemia
De poetas cegos
Contaminados
no mundo
de poemas doentes




ViviM
Enviado por ViviM em 16/09/2007
Reeditado em 16/09/2007
Código do texto: T654442

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ViviM
Curitiba - Paraná - Brasil
12 textos (1182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:32)