Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estado Bruto de Uma Mente

Jogado num cubículo
Descalço e indefeso
De volta pro inferno profundo
Que há após a porta
Entre essas paredes de gesso

Tenta pensar
Acha que nao pode ficar
De braços cruzados e
Calado...
Ops... Mas os seus braços
Estão cruzados...

Sozinho, solitário...
Não há espaço para alguém alheio
Só para si e este ao seu lado...
Ei... é só sua imagem
Refletida no espelho.

trancafiado neste lugar,
Passando fome,
Bebendo água como um cão,
Lutando por um pedaço de pão;
Roído por outros ratos,
Sem poder culpar-se
Por alguns de seus atos,
Pois até os ratos; come


Dnogueira
Enviado por Dnogueira em 17/09/2007
Código do texto: T656378

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dnogueira
Recife - Pernambuco - Brasil, 27 anos
22 textos (1812 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 02:07)
Dnogueira