Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mate Amargo

Mate amargo dos gaúchos
seiva verde deste chão
és a chama do Rio Grande
por orgulho e tradição

Mate amargo dos gaúchos
que passa de mão em mão
se sorve bem lentamente
mesmo quando em solidão

Mate amargo dos gaúchos
que em beijo a bomba de prata
da erva da cor da mata
que se  toma  essa a água quente
sem repente e com ternuna
até o roncar da cuia

Mate amargo dos gaúchos
que passa de mão em mão
este ritual companheiro,
é o nosso chimarrão.



CesarO
Enviado por CesarO em 22/09/2007
Reeditado em 18/10/2007
Código do texto: T663768
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CesarO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
880 textos (24203 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 18:50)