Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Som: http://www.skanf.com/remix/Romantica/Sarah_Brightman_-_Dust_In_The_Wind.mid


Dores da alma

Doem...
Doem fundo
Nos tiram o ar
São dores que não são visíveis,
São dores que se sentem...
São feridas internas que sangram
Não há como fazer curativos
Não há paliativo que tirem da alma a dor
Só a lentidão do tempo pode aplacá-las
As dores da alma deixam precárias cicatrizes
Quanto tocadas se abrem e sangram

Dores da alma...
Quem de nós não as tem?
Quem de nós nunca sofreu por amor?
Quem de nós não chorou?
Quem de nós por amor não gritou de dor?
Quem de nós por amor não se desesperou?
Quem de nós não perguntou a Deus o porque de tanta dor?
Quem de nós por amor não se prostrou?
Quem de nós...
Quem?



ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo apenas o que sinto. Muito longe de ser uma poetisa,
sou alguém que apenas sente!

Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 25/09/2007
Reeditado em 26/09/2007
Código do texto: T667967

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146789 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 09:52)
Dama De Negro