Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
OLHAR PERDIDO


E eu que já fiz greve,
Coloquei piquetes,
Enfrentei porretes,
Punhos serrados no ar,
Soltei gritos,
De revolta - liberdade,
De justiça – igualdade.
E eu que dormi nas ruas,
Enfrentei temporais,
Que pintei o rosto,
Assumi meu posto,
Suportei os ais,
Na busca dos ideais.
Agora; olhar perdido,
Desiludido,
No meu (in) finito;
Agora; assisto calado,
Cansado do que sou,
Pássaro desalado,
Sonhando que voou...












DELEY
Enviado por DELEY em 25/09/2007
Código do texto: T668340

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4982 textos (188757 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 18:55)
DELEY