Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Utopia de um poeta

Já é hora, é agora...
Vou sair por ai
Vou procurar alguém,
Alguém que me entenda
Alguém que queira ser feliz

Vou procurar alguém que goste de ver o por do sol,
Alguém que goste de ver o nascer das estrelas,
Alguém que goste de observar o surgir da lua
Alguém que aprecie o perfume da noite
Alguém que goste de sentir o cheiro da relva...

Vou procurar alguém que ama a vida
Alguém que goste de viver intensamente
Alguém que se encante com a beleza da natureza
Alguém que se encante com as cores e o revoar de um beija-flor
Alguém que goste de ouvir o canto dos pássaros,

Vou procurar alguém que queira sair pelo mundo...
Esquecer de tudo, alguém...
Alguém que sonhe com um mundo diferente,
Sem guerra, sem miséria...
Um mundo sem ambição,

Um mundo em que todos falem a mesma língua
Um mundo em que a corrupção seja coisa do passado
Um mundo em que não haja distinção de cor ou raça
Um mundo em que impere a felicidade e a paz
Um mundo em que os lideres, não governe para si, mas para todos.


Falcão Dourado
Enviado por Falcão Dourado em 26/09/2007
Código do texto: T670099

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Falcão Dourado
São Paulo - São Paulo - Brasil
315 textos (30505 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:40)
Falcão Dourado