Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saúde Nacional

Coágulos da nação dentro de suas feridas árduas de esperança e fé,
Na Idade Média se curava com sanguessugas no corpo,
Hoje isso não é solução, ao contrário, isso é corrupção,
que deixa de levar o moribundo de volta a vida, através da dor,
O pulmão do mundo anda doente, quase se vê que talvez seja câncer,

Um especialista inglês quer cuidar do caso!... será?...
Ou quer para si o coração que brande desta nação pela Dona Amazônia,
Explorar essa formosa senhora, que está resistindo, não se sabe...
Até quando... Melhoras e um beijo pra senhora,
Sem falar no derrame desconjuntivo das Capitais sem empregos,

Sem com "s" e não com "c", infelizmente,
Somos informatizados, mas para os processo jurídicos de primeiro socorros,
Um novo talento em nosso país, tá lento mesmo e só trava,
No prontuário do quadro total de saúde do Hospital Brasil,
Situação crítica, fazer pra que, quem liga... ou ao menos telefona.
Léo Azevedo
Enviado por Léo Azevedo em 28/09/2007
Código do texto: T672269

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e link da obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Azevedo
Maceió - Alagoas - Brasil, 36 anos
47 textos (1847 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 08:54)
Léo Azevedo